DÉCIMO PROJETO (Turquia)

English text below.

Décimo Projeto – Ajuda Humanitária

DSC_0035-13

Merhaba amigos. É com grande alegria que chegamos ao nosso 10º projeto, o segundo pelo continente Europeu, nosso destino, Turquia. Depois de uma explorada por Constantinopla, digo Istambul, fomos a Çeşme, próximo de Izmir, para ajudar a organização Imece Inisiyatifi Imece Inisiyatife. A Organização já existe a quatro anos e atualmente tem seu foco voltado aos refugiados da Síria que chegam na Turquia. Três são os projetos, um de ajuda imediata, dando suporte aos que tentam cruzar o mar Egeu e chegar à Grécia (Europa), mas sem sucesso são resgatados pela policia local; Outro de médio prazo, ajudando em assentamentos não oficiais de refugiados com comida, educação, alegria, entre outras necessidades; E um de longo prazo, voltado a dar educação profissionalizante para mulheres refugiadas.

Site: Imece Solar

DSC_0040-18Em relação ao programa de educação, o chamado “Imace Solar” é um programa que visa ensinar as mulheres sobre energia solar, como construir artefatos solares e instalar sistemas em residências. O objetivo por trás de ensinar sobre energia solar é garantir que quando estas mulheres voltarem para suas casas (em áreas destruídas pela guerra) elas possam de forma independente prover eletricidade para sua familia. O programa já formou mais de 8 turmas de 5 mulheres cada. Entre as aulas de energia solar elas também aprendem a fazer artesanato, sabão e outras coisas úteis e fáceis de vender em mercados locais.

SIBA MAIS:

Durante três meses, atuamos nas três frentes, de prontidão para qualquer chamada da polícia, dando workshops dos nossos conhecimentos que podem ser úteis e claro visitando os assentamentos não oficiais de refugiados no mínimo duas vezes por semana. Visitamos 6 destes assentamentos, cada um tem sua característica, facilidades e dificuldades.

IMG_6731-33O assentamento não oficial mais organizado conta com casas de alvenaria, as crianças vão todos os dias para a escola, existe um mínimo de organização e a vida não parece ser muito diferente do que aquela vivida pelos nossos pequenos agricultores no interior do Estado do RS no Brasil. Já o assentamento em pior situação, as crianças não frequentam a  escola, as casas são na verdade tendas improvisadas em um solo de chão batido que quando chove tudo se transforma em um grande campo de barro e lodo, as “casas”, não possuem nada além de uma área para um aquecedor a lenha, doado pelo projeto e carpetes que são na verdade as camas. Esta última é a realidade de 5 dos 6 assentamentos que visitamos.

IMG_6716-24Os refugiados que vivem nestes assentamentos estão lá, porque é lá que o trabalho está, próximo de fazendas onde servem de mão de obra durante as épocas de colheita e plantio. Nos 5 assentamentos com maiores problemas, os assentamentos mudam de acordo com o trabalho, onde existe trabalho eles vão atras, avisando a organização a nova localização e assim podemos ir dar suporte. O assentamento onde existem casas, na realidade já se tornou uma vila e todos estão situados na áreas rural de Esmirna (Izmir).

Nos assentamentos o nosso suporte vai desde a distribuição de alimentos, leite para bebês, botas de chuva agora no inverno, aquecedores, carpetes além de levar um mínimo de educação e divertimento para as crianças, especialmente nos assentamentos em pior situação.

46965332_1784018135041546_1776752310211313664_n
Imagem:https://www.facebook.com/imeceinisiyatifi/

A realidade é muito mais complexa do que parece, cada dia recebíamos novas informações sobre todo o sistema. Tentamos resumir especialmente o que fizemos por lá, mas o cenário real é complicado de explicar em um texto curto.

Acompanhe em nossas redes sociais para mais informações do projeto além do planejamento da próxima etapa que está por vir.

Abraços.

……………………….

Tenth Project – Humanitarian Aid

Merhaba friends. It is with great joy that we reached our 10th project, the second on the European continent, our destination, Turkey. After an exploration of Constantinople, I say Istanbul, we went to Çeşme, near Izmir, to help the organization Imece Inisiyatifi Imece Inisiyatife. The Organization has been in existence for four years and is currently focused on refugees arriving in Turkey. Three are the projects, one of immediate aid, supporting those who try to cross the Aegean Sea and reach Greece (Europe), but without success they are rescued by the local police; Another medium-term, helping in refugee unofficial settlement with food, education among other necessities; It is a long-term one, aimed at providing vocational education for refugee women. Regarding the education program, the so-called “Imace Solar” is a program that aims to teach women about solar energy, how to build solar artifacts and install systems in homes. The goal behind teaching solar energy is to ensure that when these women return to their homes (in war-torn areas) they can independently provide electricity for their family. The program has already formed more than 8 classes. Among solar energy classes they also learn how to make handicrafts, soap and other things that are useful and easy to sell in local markets. We are working on three fronts, ready for any call by the police, giving workshops of our knowledge that can be useful and of course visiting the refugee unofficial settlement at least twice a week. We have visited 6 unofficial settlement, each one has its characteristic, facilities and difficulties. The most organized unofficial settlement has masonry houses, children go to school every day, there is a minimum of organization and life does not seem to be very different than that experienced by our small farmers in the interior of the state of RS in Brazil. On the other hand, the unofficial settlement is in a worse situation, the children do not go to school, the houses are actually improvised tents in a ground floor that when it rains everything changes into a large field of mud, the “houses”, have nothing plus an area for a wood burning heater, donated by the project and carpets that are actually the beds. The this are the reality in 5 of the 6 unofficial settlement we visited. The refugees who live in these unofficial settlement are there, because that is where the work is, close to farms where they serve as labor during times of harvest and planting. In the 5 fields with the greatest problems, the fields change according to the work, where there is work they go back, notifying the organization of the new location and so we can help. The field where there are houses, in fact already has become a village and all are situated in the rural areas of Izmir (Izmir). In the fields our help ranges from food distribution, baby milk, rain boots now in the winter, warmers, carpets plus carry a minimum of education and fun for children, especially in the worst-case unofficial settlement. The reality is much more complex than it seems, every day we received new information about the whole system. We tried to summarize especially what we did there, but the real scenario is complicated to explain in a short text. Follow our social medias for more information on the project as well and the planning for the next step to come.

Hugs.

IMG_6684-8

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *