DÉCIMO QUARTO PROJETO (Tailândia)

English text below.

Décimo Quarto Projeto – Ajuda Socio-Ambiental

Swasdihaaaaa! Chegamos ao 14°Projeto nesta linda jornada que se tornou nossas vidas!

Após vários projetos sociais, encontramos uma organização focada em Educação Ambiental e conservação animal, especificamente com o Elefante Asiático.

IMG_3509

Em Kanchanaburi,  na Tailândia a organização @somboonlegacyfoundation é uma instituição que prega pelo turismo Hands-off, sou seja, turismo sem contato direto do turista com o animal. O turismo de elefantes (e tantas outras espécies de animais), não só na Tailândia, mas em vários outros países atrai muita gente com a falsa ideia de conservação.  O que acontece na verdade é um stress dos animais para que eles aprendam determinada tarefa para apresentar ao público, além do stress gerado a cada dia pelo grande número de visitantes fazendo barulho e tirando várias fotografias e especialmente o contato humano com animais supostamente selvagens.

A organização @somboonlegacyfoundation quer mudar o conceito dos santuários de visitação. Um elefante deve atrair a curiosidade de uma pessoa pelas suas características naturais e selvagens, não por saber pintar um quadro ou jogar bola. Esses últimos são maus tratos, e elefantes são animais selvagens, não são pets.

Assim, a @somboonlegacyfoundation construiu um museu para realizar educação ambiental de visitantes e escolas da região, a fim de chamar atenção para ecologia, e conservação destes animais, pois quanto mais informação as pessoas tiverem, mais sábias serão suas escolhas.

Nós tivemos o privilegio de conviver com dois lindos elefantes fêmeas, Malee e Kammoon. Assim, como vários outros elefantes, elas foram retiradas da natureza para servir de força de trabalho, e quando os elefantes não servem mais, ficam abandonadas para a morte amarrados em algum galpão. Os santuários de elefantes surgiram com o propósito de resgatar estes animais dos maus tratados e tentar uma reintrodução quando possível, além de utilizar os incapacitados para educação ambiental. Mas o cenário geral é de mais abuso e exploração.

IMG_3485

No @somboonlegacyfoundation é diferente. Os visitantes que vem conhecer este santuário  passam o dia com a Malee e a Kammoon sem ter nenhuma interação física, acompanham suas rotinas de alimentação e banho guiados pelos Mahoots (tratadores, pessoas locais, que tem o dom de controlar um elefante apenas pela voz).

IMG_5020

Nossa rotina era incrível, pela manhã observávamos e ajudávamos a preparar a alimentação das elefantas, criávamos atividades para o museu, ajudávamos na elaboração do website e crowdfunding para a organização. A tarde, mais trabalho burocrático e acompanhávamos a rotina de banho no rio Kwai e a rotina de alimentação novamente. Tudo isso intercalado com muito estudo e aprendizado sobre conservação de elefantes.

Foi um período maravilhoso de imersão na natureza. Aprendemos muito sobre o comportamento da Malee e da Kammoon. Trabalhar com elefantes era um sonho que se realizou.

Cuidar da biodiversidade é cuidar de cada um de nós!

IMG_4996

Escritório

…………………………………………………………..

In Kanchanaburi, Thailand the organization @somboonlegacyfoundation is an institution that preaches for Hands-off tourism, that is, tourism without direct contact between the tourist and the animal. Elephant tourism (and many other animal species), not only in Thailand but in several other countries attract many people with the false idea of conservation. What actually happens is animal stress so that they learn a certain task to present to the public, in addition to the stress generated each day by a large number of visitors making noise and taking several photographs and especially the human contact with supposedly wild animals. The organization @somboonlegacyfoundation wants to change the concept of visiting sanctuaries. An elephant should attract a person’s curiosity for its natural and wild characteristics, not for knowing how to paint a picture or play ball. The latter are mistreatments, and elephants are wild animals, not pets. Thus, @somboonlegacyfoundation built a museum to carry out environmental education for visitors and schools in the region, in order to draw attention to ecology, and conservation of these animals, because the more information people have, the wiser their choices will be. We were privileged to live with two beautiful female elephants, Malee and Kammoon. So, like many other elephants, they have been taken out of the wild to serve as a workforce, and when elephants no longer serve, they are left to die tied up in a shed. Elephant sanctuaries emerged with the purpose of rescuing these animals from bad treatment and trying to reintroduce them when possible, in addition to using the disabled for environmental education. But the general scenario is one of more abuse and exploitation. @somboonlegacyfoundation is different. Visitors who come to visit this sanctuary spend the day with Malee and Kammoon without any physical interaction, follow their feeding and bathing routines guided by the Mahouts (keepers, local people, who have the gift of controlling an elephant just by voice). Our routine was incredible, in the morning we watched and helped prepare the feeding of the elephants, created activities for the museum, helped in the elaboration of the website, and crowdfunding of the organization. In the afternoon, more bureaucratic work and we followed the bathing routine in the Kwai River and the feeding routine again. All of this interspersed with many studies and learning about elephant conservation. It was a wonderful period of immersion in nature. We learned a lot about Malee and Kammoon’s behavior. Working with elephants was a dream come true.
Taking care of biodiversity is taking care of each one of us!

IMG_3494IMG_4734

2 comentários Adicione o seu

  1. rtmedenergia disse:

    oi amigos.
    Maravilha de reportagem. Essas criaturas são maravilhosas por dentro e por fora.
    Tragam frotos pra fazer os quadrinhos ok.
    Good trip.
    Regards

    1. Oi, obrigado pelo apoio sempre. Pode deixar, temos boas fotos para aumentar a coleção de quadros. Abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *